Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

ESPECIAL - PASTOR SILAS QUIRINO

De: Pastor Silas 

Para: As ovelhas do Senhor Jesus Cristo

     Compartilhamento do pastor Silas recebido de uns irmãos. Este tem trazido peso em seu espírito, e a você, para a sua meditação e avaliação.

     Tenho estado com uma impressão quanto ao que diz respeito ao período de férias desse ano, de que nós enfrentaremos uma batalha num nível que até aqui não enfrentamos. A pressão do espírito da Babilônia será muito intensa para sufocar os crentes, ao máximo, com um "espírito de férias", operando neles um esvaziamento completo - o esvaziamento de Jesus e da Sua Palavra; dos afetos por Jesus e pelos irmãos, a violência espiritual de se "arrancar Jesus de nós e nos arrancar de Jesus".

     Parece que alguns, por já virem durante o ano todo em um processo de sufocamento, nesse período, negociarão facilmente, deixando de se congregar para estarem de férias (tirarem férias de Jesus e do Seu Reino), e o pior, é que por virem já nesse estado, àqueles que viajarão para levar tempo nas praias não cuidarão de alimentar-se da Palavra e de cultivarem um relacionamento vivo e diário com Deus, por isso estarão abertos para muitas contaminações e, quando voltarem, já poderão estar em um quadro de apostasia, mesmo permanecendo na congregação. E mesmo os que não sairão em viagem de férias podem enfrentar o mesmo processo, ou seja, estando na congregação, participando de tudo, mas, com um "espírito de férias"; afinal, esse "espírito" é uma mentalidade, um estado de mente e interior, um conceito que leva a pessoa a, interiormente, entrar em férias, e às vezes, férias do próprio Jesus e da Sua Palavra.

     As virgens loucas (Mateus 25.1-13), nesse período de férias, irão praticar o que é típico da natureza delas: A loucura. A loucura de tirar férias de Jesus, e ainda buscando influenciar e pressionar as virgens prudentes para levá-las a cometerem as mesmas loucuras, usando aquele famoso argumento: "Não tem nada a ver, isso é radicalismo; será que depois de ter trabalhado o ano todo, não tenho o direito de tirar férias?" (A pessoa viveu o ano todo sufocada em função de si mesma, trabalhando, estudando, fazendo cursos, sem tempo pra nada, usando os recursos que Deus deu, e quando chega ao final do ano, de quem vai se descontar tudo isso? De Deus. Ela opta por "lesar" a Deus em função dos deleites e ainda com um sentimento, de ter sido lesada). 0 problema não está de maneira nenhuma em tirar férias, mas com que "espírito" se vai tirar férias e de quem vai se tirar férias.* [...]

     Será que a revelação de Jesus na Parábola do Semeador, quanto a semente, ou seja, a Palavra de Deus que cai entre espinhos, tem alguma coisa a ver com isso, hoje, entre nós? Veja Lucas 8.14: "... A que caiu entre espinhos são os que ouviram e, com o passar dos dias, são sufocados com os cuidados, riquezas e deleites da vida, e seus frutos não chegam a amadurecer..."

     No amor em Cristo, seu servo e pastor Dalton Ramos.

 

Versículo do Dia

Gn 25:21

"E Isaque orou insistentemente ao SENHOR por sua mulher, porquanto era estéril; e o SENHOR ouviu as suas orações, e Rebeca sua mulher concebeu. "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

190 - MANTENHA-SE NA BÊNÇÃO PDF Imprimir E-mail

     Sabemos que todo globo terrestre luta pela paz. Uma paz que tentamos impor através das guerras. O nosso coração tem uma forma diferente de pensar e de querer...

209 - O PREÇO DA AMIZADE COM DEUS

       Depois de perder tudo que lhe era mais querido, Jó olhou para trás e ansiou pelos dias em que a amizade de Deus “... agraciava o seu lar…...

58 - VISLUMBRE DE UM CRIADOR

     O elefante é o único animal cujas pernas dianteiras se dobram para a frente. Por que? Porque, de outra forma, seria difícil para esse animal levantar-se, por causa...

183 - PARA MEDITAR

     - Olá! Como você acordou esta manhã? - Eu vi você e esperei, pensando que falaria comigo, mesmo que fossem apenas umas poucas palavras, querendo saber minha opinião...

170 - "VIVENDO EM HARMONIA"

Romanos 15 1 - Mas nós que somos fortes devemos suportar as fraquezas dos fracos e não agradar a nós mesmos. 2 - Portanto, cada um de nós agrade ao seu próximo...