Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

78 - VIDA BÍBLICA DA IGREJA OBSTÁCULOS Á COMUNHÃO NA IGREJA

TEXTO BÁSICO - I JO. 1:1-7

     Os não convertidos (Joio) na Igreja e crentes vivendo em pecado. Isso leva a pessoa a falar mal de um irmão com outro a prevenir uns contra os outros. Quantos crentes rejeitam outros, tem dificuldades em aceitá-los, só porque alguém do seu círculo (alguém que é Joio ou vivendo na carne) fez comentário negativo contra o outro. Seja porque razão for, tais comentários revelam que é e o que está no coração de quem os fez. Tais pessoas são instrumentos de satanás para criar barreiras entre os filhos de Deus e confusão na Igreja e bloquear a UNIDADE e COMUNHÃO na igreja. O irmão já deve ter tido uma experiência dessa ou conhece alguém que teve. Cuidado com quem faz isso! Preste atenção em (Prov. 6:16-19).

     Falta de meditação e aplicação diária da Palavra de Deus na vida: Qualquer crente que não tiver prazer e não meditar na Palavra de Deus diariamente, indiscutivelmente viverá na carne. O crente somente cheio do Espírito Santo, é que vive cheio da Palavra de Deus. O crente que não dá a primeira hora do seu dia a Deus para meditar, orar e aplicar a Palavra de Deus a sua própria vida, vive desprovido da graça de Deus (Sl. 119:9-11; Sl. 1:2-3). Qualquer crente que lê a Bíblia só na hora de dormir, ou que a lê só por compromisso e apressado, vive vazio de Deus e sobrecarregado de males decorrentes dos pecados que vão se agasalhando na sua alma como os mariscos se agarram nas rochas do mar.

VOCÊ É EXPRESSÃO VIVA DE COMUNHÃO

     A comunhão de que já temos conhecimento, de que tanto desejamos e necessitamos; a comunhão que podemos desfrutar e expressar em todas as dimensões da revelação bíblica, essa comunhão somente existirá entre nós se ela estiver dentro de VOCÊ mesmo, e se você não ficar passivo a respeito de (ficar parado e ser usado pelo inimigo), mas oferecer-se ao Senhor e tornar-se instrumento do Espírito Santo para quebrar todos os obstáculos e dar a vida para preservá-la.

     “Saber o que deve ser feito e não fazer, é pecado” Tiago 4:17. Não podemos esquecer de que a principal preocupação e a estratégia n° 1 de satanás contra a Igreja, é contra a sua UNIDADE. Destruindo a UNIDADE NA IGREJA satanás consegue anulá-la. Ela perde a Sua IDENTIDADE como Corpo de Cristo e a Sua Identidade divina na Terra. Sem a UNIDADE requerida por Jesus conforme (João 17:20-23), a Igreja se desincorpora e se desintegra, se descaracteriza. Sem aquela unidade, os membros da igreja vivem como partículas isoladas de um objeto ou de uma peça. Tornam-se partículas da peça e não a peça em si. Como partículas isoladas, os crentes rejeitam e negam a declaração de que os salvos são membros uns dos outros (Rom .12:5) e é isso que faz a Igreja ser Corpo de Cristo, sem que haja dentro dos salvos, entre eles a unidade de que Jesus fala e requer, a Igreja não tem condições de viver como corpo de Cristo na terra, consequentemente deixando de ser o que deve ser (como foi feita, inclusive recebendo poder e capacidade para ser o que deve ser). Sem esta unidade conforme (Jo. 13:34-35;17:20-23), a Igreja perde o poder que a capacita SER PARA FAZER. Fazer o que lhe foi confiada pelo Senhor. É disso que satanás mais se orgulha desde que a Igreja foi organizada - conseguir que os membros de uma Igreja local não vivam em UNIDADE em COMUNHÃO entre si, que eles vivam distraídos acerca do NOVO MANDAMENTO. O famoso erudito Bíblico WILHIAM BARCLAY destaca com vigor: “SEM AMOR A IGREJA NÃO PODE EXISTIR. A ÚNICA CARACTERÍSTICA QUE DEVE DISTINGUIR A VERDADEIRA IGREJA É O AMOR A DEUS E AOS IRMÃOS. QUANDO MORRE O AMOR, MORRE A IGREJA. QUANDO EXISTE O AMOR A IGREJA É FORTE PORQUE QUANDO HÁ AMOR JESUS CRISTO, O SENHOR DO AMOR ESTÁ PRESENTE”.

SIGNIFICADO E DIMENSÕES DA COMUNHÃO NA IGREJA

     Já sabemos que a unidade de que Jesus fala em (João 17), descrita no restante do Novo Testamento pela palavra KOINONIA ou COMUNHÃO que dá expressão a essa UNIDADE, todos os componentes daquela unidade se manifestam por meio da comunhão e são expressões da própria comunhão em si.

     “A comunhão não é mera camaradagem social, superficial, nem tão pouco, uma espécie de experiência mística, desligada ou sem referência à estrutura da Igreja (corpo ou comunidade local - - Uma Igreja local ). A comunhão do espírito, diz ele, a Koinonia do Espírito Santo, a comunhão que o Espírito concede aos crentes. É a comunhão de Cristo com seus discípulos, a comunhão da Igreja primitiva, como a ela faz referência o livro de Atos, é a contra partida terrena e o antegozo da eterna comunhão nos céus. É análogo (semelhante) à unidade à amizade e intimidade entre Cristo e o Pai”.

     Outro Pastor e teólogo preocupado com este ensino bíblico e Jonh Driver, que ressalta. “É notável que aproximadamente metade das vezes que aparece KOINONIA no Novo Testamento se refere a compartilhar na esfera espiritual, enquanto que outra metade das vezes se refere a compartilhar esfera material”. E acrescenta: “Isto nos ajuda a compreender o significado de comunhão em seu Neo-testamentário, tem a ver com o compartilhar uma vida comum em todos os níveis da existência: ESPIRITUAL, SOCIAL, INTELECTUAL, ECONÔM1CA, etc.”

     Meu irmão, não permita que satanás faça você viver como partícula isolada do corpo de Cristo, para que através de você, ele consiga que não haja UNIDADE e COMUNHÃO na Igreja, desfigurando a Igreja de Jesus Cristo e tirando-lhe as condições para realizar a sua tarefa na terra. Escreve e explique e converse com outros irmãos acerca do que a comunhão é , o que você já entendeu e quais são as suas dimensões, ou seja, em que áreas ela se manifesta; qual o seu significado último. Não se esqueça de que a comunhão cristã e espiritual - envolve a alma das pessoas, e somente pode ser comunhão de fato, se produzida pelo Espírito Santo (Col. 1:8). Reuniões e estruturas por si mesmas não produzem comunhão .

PARA MEDITAR

     Faça uma avaliação de sua vida e veja se há algum pecado mais profundo (“Sonda-me, ó Deus...”) que talvez não compartilhou com ninguém (pode ser um mau pensamento por exemplo), ou que nem mesmo a sociedade entende como pecado, mas que na verdade pode estar prejudicando seu desenvolvimento para uma comunhão viva e séria para com o corpo de Cristo. A seguir, converse com Deus sobre esses pecados e peça-lhe que perdoe e que coloque um ponto final nesse obstáculo à comunhão com Ele. (Salmo 51). Para que o discipulado cristão se transforme num estilo de vida, é indispensável que você continue praticando os princípios aprendidos e dessa maneira seja capaz de fazer outro discípulo sério como você, creio do fundo do meu coração que se VOCÊ se comprometer 100% com o Senhor Jesus Cristo, todas as outras coisas que você faz ou gosta de fazer em geral lhe será acrescentada.

     O QUE FAZER PARA ESTABELECER E PRESERVAR A COMUNHÃO EM NOSSA IGREJA Rm. 15:1-7 e 14

São cinco passos básicos:

1) Ponto de partida é o irmão entender o que estudamos no texto anterior que a comunhão está dentro de você. Está em suas mãos decidir se compartilhará ou não a sua vida. É que a ausência da comunhão também está dentro de você. Reveja aquele estudo e medite nisso.

2) O segundo passo é compreender o significado e as dimensões da comunhão. É o que a parte anterior deste estudo está mostrando.

3) Em terceiro lugar, temos que desenvolver a nossa comunicação com os outros “A COMUNHÃO DO ESPÍRITO, NA IGREJA, IMPLICA EM COMUNICAÇÃO E QUE NÃO PODE HAVER COMUNHÃO SEM COMUNICAÇÃO!”

     De novo verificamos que a comunicação depende da pessoa individualmente. É a pessoa que decide não sair do seu isolamento interior. Comunicação é um ato da vontade, da boa vontade da pessoa. É a comunicação honesta, sem fingimento ou malícia que permite a compreensão mútua e que gera a comunhão. Mas, comunicação é muito mais que palavras, geralmente no relacionamento entre as pessoas, as palavras é que menos comunicam. Avalie-se.

4) Em quarto lugar está o serviço, que é evidência do AMOR DE JESUS EM NÓS. O serviço mútuo (Col. 5:13) com um coração de servo, é um dos instrumentos mais eficientes para efetivar a COMUNHÃO. É aí que entram os dons espirituais como instrumentos da comunhão da Igreja.

5) Finalmente vem a admoestação. Este é o ponto chave para a preservação da comunhão na Igreja. Admoestar é Confrontar o outro crente com seu pecado, com o seu erro mais sempre com muito amor. Isto nunca foi e nunca será uma tarefa fácil, mas sem isso é impossível preservar a comunhão na Igreja. Além disso, os resultados espirituais da suas prática são incalculáveis. A admoestação é a ministração da disciplina bíblica. É a própria disciplina da igreja na seqüência ensinada por Jesus em Mat.18:15-17. O próprio Deus reconhece que ela é difícil para nós, porque aqueles que necessitam dela, tendem a rejeitá-la e também aqueles que irão levá-la. Veja Heb. 12:11.

     Conforme o Senhor nos revela em João 17:21, a comunhão entre os salvos na sua Igreja é para ser semelhante à unidade, à amizade, à intimidade que há entre Ele e o Pai. Passe alguns minutos meditando em João 17:21. Dá para o irmão imaginar as dimensões dessa intimidade que há entre Jesus e o Pai? Qualquer Igreja, cujos membros vivenciarem essa unidade, os seus membros, como corpo de Cristo, também o vivenciarão com o Pai e Jesus “E QUE TAMBÉM SEJAM EM NÓS” roga Jesus. No final deste último estudo destacamos: “O QUE FAZER PARA ESTABELECER E PRESERVAR A COMUNHÃO EM NOSSA IGREJA.”

     Precisamos desenvolver a nossa comunicação uns com os outros. Desde já, avalie como você se comunica com os outros irmãos. Precisamos investir no serviço mútuo, todo serviço autêntico é um ato e expressão de AMOR, Jesus é o exemplo máximo (Mc.10:45). É indiscutível que, quem ama tem prazer em servir, mas quem não AMA, além de não ter prazer em servir, está pronto a reclamar, a murmurar, por não ser servido.

     Precisamos exercitar a ADMOESTAÇÃO. Em última instância é disso que depende o estabelecimento e a preservação da comunhão em Nossa Igreja.

CADA MEMBRO PRECISA CRESCER EM AMOR

     Todo corpo bem ajustado e consolidado pelo auxílio de todas as juntas, efetua o seu próprio aumento... em amor” (Ef. 4:16) cada membro deve crescer em amor pelos outros membros. Você ama seus irmãos cristãos mais hoje do que há um ano atrás? O céu é um reino de amor. O amor perfeito prevalecerá. Naquele Novo Mandamento, ou seja, novo mundo. O inferno é um mundo de ódio, Jesus nos deu o Novo Mandamento para enfatizar a necessidade de Amor (João 13:34-35). Requer-se de cada membro do corpo que cresça em amor pelos outros membros. Há algum cristão verdadeiro a quem você odeia? Um irmão cristão pode ser provocador, e até mesmo irritante: Contudo, não devemos falhar em nosso amor para com ele,. Um colega cristão pode ser pego em um pecado. A restauração deve, então, ser aplicada com brandura (Gal. 6:1). Pedro negou o Senhor, mas não foi cortado da comunhão. Pode ser que um líder ou um membro comum caia em pecado escandaloso que o privará de seu ministério, mesmo que se arrependa. Se ocorrer tal tragédia, não devemos eliminar aquele irmão, pois carecerá de Amor e do consolo da comunhão cristã mais que nunca.

     Quando começarmos a orar por um derramamento do Espírito Santo, então, o amoroso cuidado mútuo abundará em Nossa Igreja. A Palavra pregada será poderosa, e, todos os necessitados serão incluídos no envolvimento do amor, do CUIDADO MÚTUO e da UNIDADE, para a glória do nosso grande redentor, o cordeiro de Deus, Aleluia!

VIDA DE COMUNHÃO CONCLUSÃO

     DEVEMOS VIVER EM COMUNHÃO, PORQUE TEMOS A RESPONSABILIDADE DIANTE DE DEUS DE ASSIM VIVERMOS. Temos a responsabilidade, o compromisso, o dever, a obrigação, de OBEDECERMOS o que DEUS em sua Palavra no ORDENA.

     MAS... o que é que DEUS nos ordena, em sua Palavra, no que diz respeito à COMUNHÃO???

1°) AMAI-VOS UNS AOS OUTROS Jo. 13:34; 15:12; 17:21-26...

OBS.: Isto é um MANDAMENTO, e não uma opção. E se é um mandamento de DEUS TEM que ser OBEDECIDO, pois quando não obedecemos a DEUS, estamos dizendo com tal atitude, que ELE não é DEUS o suficiente para mandar em nossa vida.

2°) TENDE IGUAL CUIDADO UNS COM OS OUTROS I Cor. 12:25

     Semelhante ao cuidado que temos com os membros do nosso próprio corpo.

3°) “...RECEBEI-VOS UNS AOS OUTROS, COMO TAMBÉM CRISTO NOS RECEBEU PARA GLÓRIA DE DEUS” Rom. 15:7; 14:1.

4°) SUJEITAI-VOS UNS AOS OUTROS Ef. 5:21

     Por que temos tanta convicção que a mulher deve ser submissa, e não temos, se quer, a mesma convicção de que todos nós devemos ser???

5°) SUPORTAI-VOS UNS AOS OUTROS Ef. 4:2; Col. 3:13.

6°) CONFESSAI VOSSOS PECADOS UNS AOS OUTROS Tg. 5:16.

7°) PERDOAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO CRISTO VOS PERDOOU Col. 3:13.

     Mas o que é PERDOAR? Respondendo a esta pergunta, alguém certa vez disse: “PERDOAR alguém é lhe dar um sorvete quando ele merece um tapa”.

8°) SAUDAI-VOS UNS AOS OUTROS COM ÓSCULO SANTO Rm. 16; I Pe. 3:14

OBS.: Todos estes MANDAMENTOS visam à manutenção da UNIDADE DA IGREJA, são mandamentos que mantém acesa a chama da KOINONIA da Igreja.

9°) NÃO JULGAR O IRMÃO Mt. 7:1-5.

     Ao nos constituir como igreja, DEUS não fez juízes uns dos outros, mas sim IRMÃOS uns dos outros. Logo nós não temos o DIREITO de julgar nosso irmão e sim o DEVER de ajudá-lo.

10°) NÃO FALAR MAL DO IRMÃO Tg. 4:11.

11°) NÃO VOS QUEIXEIS UNS DOS OUTROS Tg. 5:9.

12°) NÃO VOS MORDEIS UNS AOS OUTROS Gl. 5:15.

     Isto significa instigar uma possível perda de paciência.

OBS.: Esta atitude alimenta adega do inferno com vinho de primeira qualidade.

13°) NÃO VOS PROVOQUEIS UNS AOS OUTROS Gl. 5:26

14°) NÃO TENHAIS INVEJA UNS DOS OUTROS Gl. 5:26

     Este é um grande problema nosso. Muitas vezes não servimos bem no corpo de Cristo, porque vivemos invejando o lugar do outro.

 15°) NÃO MINTAIS UNS AOS OUTROS Col. 3:9,10

OBS.: Quando mentimos nos aliamos ao pai da mentira, a saber: ao diabo.

OBS.: Do 9° até o 15° são MANDAMENTOS que visam manter e proteger nossos relacionamentos.

16°) EDIFICAI-VOS UNS AOS OUTROS I Cor. 14:26; I Tes. 5:11.

17°) INSTRUI-VOS UNS AOS OUTROS Col. 3:16.

18°) EXORTAI-VOS UNS AOS OUTROS Hb. 3:13; I Tes. 5:11

19°) ADMOESTAI-VOS UNS AOS OUTROS Col. 3:16.

20°) FALAI UNS AOS OUTROS COM SALMOS, HINOS E CÂNTICOS ESPIRITUAIS Col. 3:16,17; Ef. 5:19,20

OBS.: Do 16° ao 20°, os MANDAMENTOS visam à mútua SANTIFICAÇÃO e EDIFICAÇÃO.

21°) SERVI-VOS UNS AOS OUTROS Gl. 6:2; I Pe. 4:10

     Leia com muita atenção o verso em questão e responda. QUEM É QUE DEVE LEVAR A CARGA DE QUEM ???

22°) SEDE MUTUAMENTE HOSPITALEIROS I Pe. 4:9

23°) SEDE BENIGNOS UNS PARA COM OS OUTROS Gl. 6:9,10

24°) ORAI UNS PELOS OUTROS Tg. 5:16.

CONCLUSÃO:

     Talvez algum irmão diga: “AH! COMUNHÃO DE NOVO, PARECE QUE O PASTOR NÃO TEM MAIS NADA PRA FALAR!? Mas como os irmãos notaram, pelos MANDAMENTOS citados acima, deixei de ministrar sobre COMUNHÃO em vários textos. E é bom que fique claro que COMUNHÃO não é coisa de minha cabeça, mas é MANDAMENTO DE DEUS.

 OBEDEÇAMOS, POIS ESTE MANDAMENTO!

  

Versículo do Dia

Dt 24:20

"Quando sacudires a tua oliveira, não voltarás para colher o fruto dos ramos; para o estrangeiro, para o órfão, e para a viúva será. "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

42 - A BÍBLIA E A EVOLUÇÃO

     Será que de fato somos descendentes do macaco? Em 1859, Charles Darwin propôs a teoria da evolução, que hoje em dia é bastante popular. Segundo essa teoria, a...

213 - DEUS QUER O SEU BEM

“… Para que tudo vá bem [com vocês]...” Deuteronômio 5:29      Quando Deus lhe diz para fazer alguma coisa que parece difícil ou desagradável, Ele não está tentando complicar sua...

179 - O VENTO E O TEMPO

     Sempre é tempo de recomeçar. Se você não tem encontrado alegria e contentamento em seu casamento, semeie entrega.      Entrega é o termo que melhor resume o exercício...

116 - ANNE, VOCÊ ESTÁ PRONTA?

     Certa manhã, bem cedinho, Anne recebeu uma terrível notícia por telefone: o agradável rapaz com que ela estivera na noite anterior em uma reunião de jovens havia morrido...

198 - EU VOS ESCOLHI

     Wilfred Grenfell, famoso médico-missionário americano, conheceu uma jovem no navio, quando estava a caminho de seu campo de trabalho no exterior. Apaixonou-se por ela quase imediatamente, e dentro...