Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

10 - NOSSA VIDA COMO IGREJA

     Este texto é uma “RE-LEMBRANÇA” da finalidade e das funções dos Grupos, a fim de que não nos desviemos ou nos descuidemos de como precisamos SER e do que precisamos fazer. E também para orientar aos muitos irmãos novos que já fazem parte da nossa família.

ATENTE NO QUE SEGUE PARA NÃO ESQUECER.

     Dos muitos ensinos vivos e lindos da palavra de Deus acerca da natureza da Igreja e do que cada Igreja precisa ser, reveja os seguintes:

     A - A igreja é a família de Deus (Ef.2:19). Deus é Pai de cada SALVO individualmente (Rom.8:14-17; Gal.4:4-7).Ele nos salva e nos une a outros salvos fazendo-nos família sua. E então lida conosco e nos trata COMO FAMÍLIA e não como indivíduos isolados. Cada Igreja local é uma expressão visível da família de Deus na terra. Também, cada igreja local para viver como igreja, precisa VIVER COMO FAMÍLIA.

     B - A Igreja é o CORPO DE CRISTO e Cristo é o CABEÇA da Igreja (Ef.1:20-23;4:15;5:23-30; Col.1:18-24). A Igreja é o corpo de Cristo e os salvos individualmente são MEMBROS DE CRISTO. (ICor.12:27; Col.3:3). Isto significa que Jesus é o Senhor das nossas vidas e de CADA Igreja. Significa também que é através da Igreja que Cristo se faz visível e conhecido na terra. A presença da Igreja na terra é para REVELAR JESUS. Ela é testemunho da PRESENÇA e da “VIDA” (da maneira de viver I Jo.2:6) de Jesus na terra, neste tempo quando o seu trono está no céu. NOTE BEM: Individualmente somos membros da PESSOA DE JESUS, e, como Igreja, somos o seu corpo (I Cor.12;27). Não há como alguém ser salvo e viver “desincorporado” do corpo. Deus lida conosco como família e como corpo, corpo de Cristo. Por isso, CADA IGREJA LOCAL precisa viver como FAMÍLIA e como CORPO, cujas características fundamentais são UNIDADE e COMUNHÃO. (Rom.12:5-6; Ef.4;15-16).

     A comunhão cristã é de origem espiritual e é experimentada através do AMOR Veja Rm.12:9-13; I Ped.1:22. E, é OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM NÓS (Rm.5:5).Mas, é também decorrente de APRENDIZADO. Para vivência-la precisamos aprender e INVESTIR MUITO DE NÓS MESMOS. Para tanto, nosso maior adversário, além de Satanás, É O NOSSO EGO = ele é contra a comunhão.

     C - Na Igreja, os salvos tornam-se PARETE UNS DOS OUTROS, (Rm.12:5;I Cor.12:24-27). Porque uma pessoa salva ela torna-se parte da vida dos demais salvos, de forma visível, na igreja local. Isso é COMUNHÃO (Rom.12:9-16;At.2:42-47;4:32-33). Um dos Propósitos da Igreja na Terra é tornar CRISTO VISÍVEL é ser retrato da vida de Jesus. Isso acontece através da comunhão (Jo.13:34-35: 17:20-23). Qualquer Igreja local que não viver assim. Perde a sua condição de Igreja, Corpo de Cristo. (Ap.2:4-7a). Se você é salvo mesmo, reflita e medite no que a Bíblia diz que Você é como Igreja:

CORPO DE CRISTO = MEMBRO DE CRISTO = MEMBRO DOS DEMAIS SALVOS.

Se uma Igreja local não viver assim, tudo que ela (como Igreja) fizer, é nulo. Nela não haverá a adoração, e ela não terá utilidade para o Senhor. O mesmo acontece com os membros da Igreja individualmente a vida deles é morta.

PORQUE A BASE DE NOSSA ESTRUTURA SÃOS OS GRUPOS DE COMUNHÃO?

     Porque tudo isso que a palavra de Deus nos diz e para ser vivido aqui e agora e os grupos são a única estrutura que permite a Igreja viver, na pratica, como corpo de Cristo, como Igreja Bíblica, foi assim no período apostólico, nos primeiros séculos e em todos os momentos quando a Igreja esteve viva durante estes dois mil anos. Os grupos são o meio que permite a Igreja viver como família; que permite a Igreja cuidar e dar assistência uns aos outros verdadeiramente; facilita identificar os falsos crentes, porque eles não se ajuntam, não se COMPROMETEM e não crescem espiritualmente. São os GRUPOS QUE PERMITEM a Igreja e os salvos realizarem a EVAGELIZAÇÃO COM MATURIDADE E RESPONSABILIDADE; e são também eficientes para INTEGRAÇÃO, posto que, de forma expontânea e natural produzem a integração de todos os que, de fato, forem sendo salvos (At.2:42-47).

     Confira as referências e exemplos das Igrejas no período do novo Testamento (At.2:44-46; 5:4; 10:24; 12:5-12; 20:20; Rm.16:3-5,10,11,14,15 e 23; Icor.16:19; Col.4:15; Filemom 1:2).Veja ainda Atos 4;32, que nessa altura a referência à Igreja era em termos de “MULTIDÃO”, mas convivendo de perto. Outro Ex. clássico e notável é Êxodo 18:17-26.

     OS GRUPOS E OS DONS ESPIRITUAIS são a única estrutura que permite a Igreja SER o que a palavra de Deus diz que ela é e FAZER o que diz que é para fazer. Todos os salvos precisam Ter consciência intelectual e espiritual acerca do que é a Igreja do Deus Vivo (ITim.3:15; Atos20:28), e aprender a Ser e Viver, como Igreja Bíblica, afim de que cada um e todos nós sejamos para o louvor da Glória de Deus, do Deus Triúno (Ef.1:3-14).

     Ativismo, atividades, barulhos, etc; podem ser atraentes, fazer movimentos, mas à luz da palavra de Deus é nada, se a Igreja não viver como CORPO VIVO DE CRISTO (I Cor.13:1-3; Jo.13:34-35).

RESPONSABILIDADES DOS GRUPOS

     As responsabilidades dos grupos são precisamente as responsabilidades da igreja como CORPO. É a igreja em AÇÃO. São os salvos vivendo como igreja nos moldes bíblicos anotados acima. OS GRUPOS SERÃO A BASE DE TODA A VIDA E AÇÃO DA NOSSA IGREJA. Eles serão o centro das atividades da igreja. Vamos recordar suas características e responsabilidades:

     1 - Reunirem-se para ORAÇÃO, ESTUDO BÌBLICO, COMUNHÃO E TESTEMUNHO do evangelho aos não crentes (Atos.2:42-47). È necessário que cada Grupo esteja fazendo a avaliação periódica acerca destes objetivos para não se desencaminhar e perder a sua finalidade.

     2 - Atacar todos os obstáculos e males que surgirem contra a COMUNHÃO, e investir a fim de que a igreja possa viver, na prática, como família de Deus e corpo de Cristo (ICor.12:12-27; Rom.12:4-8). 

     3 - Servir uns aos outros. Cuidar uns dos outros (ICor.12:25-26; Rom.12:9-17; Gal.5:13b; Mar.10:45). O amor cristão se manifesta basicamente de Três formas:

____ Na disposição e prazer em servir (Mar.10:45; AT.9:26,27; I Jo.3:10-19):

____ Na aceitação intima do outro, num coração sem malícia e sem maldade (I Pe.2:1; Ef.4:31-32; I Cor.14:20):

____ Na amizade pronta para ser compartilhada (Fil.2:1-5; At.2:44-46; 4:32; Lc.6;38; 6:34-35).

     A belíssima descrição de I Cor.13 nos é dada primeiramente para a vida da igreja enquanto na terra. Nos versos 4 a 7 nos diz O QUE O AMOR É, e o QUE O AMOR NÃO É; E O QUE O AMOR FAZ. Todo oportunismo e exploração são males que negam a vida de Cristo em nós, e precisam ser percebidos e atacados para impedir que o diabo destrua a comunhão e a confiança mútua no corpo. 

     O famoso erudito bíblico WILLIAM BARCLAY destaca com vigor:

SEM AMOR A IGREJA NÃO PODE EXISTIR. A ÚNICA CARACTERÍSTICA QUE DEVE DISTINGUIR A VERDADEIRA IGREJA É O AMOR ADEUS E AOS IRMÃOS. QUANDO MORRE O AMOR, MORRE A IGREJA. QUANDO EXISTE AMOR A IGREJA É FORTE PORQUE QUANDO HÁ AMOR, JESUS CRISTO, SENHOR DO AMOR ESTÁ PRESENTE.

     4 - Encaminhar a assistência aos que tiverem necessitados, que podem ser espirituais, físicas (saúde), emocionais, companhia, serviço, etc. LEVAR AS CARGAS UNS DOS OUTROS (Rom. 12:9-13; Fil.2:1-5). Alegrar-se com os que se alegram e chorar com os que choram (Gal.6:2; Icor.12:25-26); preste atenção em I Tes5:14-15.

     5 - Encaminhar tratamento bíblico para casos disciplinares desde a confrontação até a EXCLUSÃO, ou seja, entrega a Satanás aqueles que persistem no erro. O grupo que ficar indiferente a essas coisas estará pecando contra Cristo e sua Igreja e cada um dos seus componentes é responsável. Casos que exigirem acessória, o pastor encaminhará (Mat.18:15-18; I Cor.5:1-5). Esteja sempre revendo o “Ministério da Confrontação”, nos estudos 25 a 40 também o livro “disciplina na Igreja” do Pr. Russel Shed. Edições Vida Nova.

     6 - Envolver-se plenamente na EVANGELIZAÇÃO. Entre outras atitudes para testemunhar aos não salvos, CONVIDE OS VIZINHOS para a reunião em sua casa. ADORAÇÃO, consciente, OBEDIÊNCIA à palavra de Deus e evangelização são inseparáveis. Uma não sobrevive sem a outra. Sem a evangelização consciente a nossa vida espiritual morre. O GRUPO QUE NÃO EVANGELIZAR MORRERÁ. Toda a dinâmica da nossa igreja será realizada, através dos grupos. (Assuntos disciplinares devem ser tratados em reuniões extras). NOTE BEM: AS REUNIÕES DO MEIO DE SEMANA PRECISAM SER NAS CASAS conforme está nos exemplos bíblicos: reuniões nas dependências do templo somente em situações excepcionais e, RARAMENTE.

     7 - Instruir e acompanhar os novos crentes na vida cristã e no crescimento e maturidade espiritual. Fazer o mesmo, conforme as necessidades, com os que vierem de outras igrejas por carta (Mat.28:19-20; I Tim.2:1-2).

     8 - Com exceção da existência da Igreja, como corpo, todas as nossas “CELEBRAÇÕES” são realizadas através do GRUPO.

OBSERVAÇÃO:

     O bom desempenho de cada Grupo depende muito dos LÍDERES. O encontro da LIDERANÇA é indispensável para todos os LÍDERES. Nele, além de orientações, objetivamos alimentar a nossa fé e aplicar o estudo à nossa própria vida. Líderes que REVEZAREM e ou indicarem outros para orientar o estudo da semana, mas faltarem, ao encontro da liderança, estarão causando prejuízo ao grupo e a Igreja. Líderes que não levam esse encontro a sério, se desqualificam (se eu não fosse pastor, não o perderia por nada. É muito precioso para minha vida o que ali é compartilhado).

NOSSAS RESPONSABILIDADES INDIVIDUAIS

     1 - Não agasalhar no intimo qualquer sentimento negativo contra qualquer pessoa. ISSO É PECADO ( Mar.11:25-26; Mat.6;12,14,15; 18:21-34,35).
     2 - Cultivar disposição sadia de servir uns aos outros (serviço sacrificial), conscientizando-se de que essa é a maneira mais prática de servir ao Senhor (Mat.25:40; Mar.9:41; Heb.6:10; I Ped.4:8-10).

     3 - Interessar-se de maneira prática por cada irmão e orar diariamente e de maneira objetiva uns pelos outros primeiramente por PERCEPÇÃO ESPIRITUAL (Col.1:9-10) e em seguida por necessidades circunstâncias (Rom.12:13a). Fil. 1:9-11; Éf. 1:15-17.

     4 - Ser desmanchador de fofocas e de mal-entendido; cultivar habilidades para discernir segundas intenções em quais quer conversas ou situações (IICor. 12:20; 13:11; Heb. 10:24; Pro.6: 16-19).

     5 - Participar sistematicamente das reuniões. Só faltar por causas realmente justificáveis a fim de merecer a confiança do Grupo e SEMPRE que houver impedimento para comparecer, providenciar a comunicação antes da reunião, a fim de ser ajudado em oração ou no que se fizer necessário; também para não deixar os irmãos preocupados. Estes cuidados revelam a nossa seriedade e o nosso compromisso cristão; também, que consideramos uns aos outros como família de Deus, sem o que nos tornaremos irregulares coma Igreja e com o grupo (Heb. 10:24, 25; Jo20: 24,25). Cabe aos coordenadores confrontar os faltosos.

     6 - Cumprir as tarefas pessoais que forem confiadas. Há necessidades de estudos e exercícios para crescermos mais produtivos no Reino de Deus (Jo. 4:31-35; 9:4; Fil. 2:5-8).

     7 - Ser pontual. Pontualidade é um hábito e é demonstração de seriedade e de autodisciplina (é claro que de vez por outra atrasaremos por acidente). A impontualidade traz muitos prejuízos, e, como habito, revela falta de seriedade (I Cor. 6:8,9; Mat. 5:37).

     8 - Ser sincero e honesto (não alimentar qualquer constrangimento) quando estiver passando necessidade. Procurar o coordenador, para que seja encaminhado o ministério (serviço) ao irmão. Se não nos comunicarmos, ninguém poderá nos servir e o grupo não poderá vivenciar a vida cristã. Necessidades poderão ser: oração, orientação, ajuda, companhia etc. Naturalmente que surgirão situações que haverá necessidade da orientação do pastor, o que ele fará com muita alegria.

     9 - Fazer contato urgente com membros do grupo sempre que surgir uma necessidade ou situação inesperada, para ser assistido com oração e outras iniciativas. A Pessoa que receber a comunicação deve agir rapidamente e encaminhar; comunicar-se com outros do grupo, procurar ajuda se for necessária, e tão logo seja possível, comunicar-se com o líder. 

     O maior privilégio do ser humano é ser “MEMBRO DE CRISTO” ser Igreja de Deus, ser família de Deus. Todavia, nela não há lugar para impostores. Quem não se rende plenamente a Jesus não pertence à família de Deus e é sempre um obstáculo para a vida da Igreja enquanto na terra. Verifique se sua vida, realmente está em Cristo, se não, humilhe-se diante Dele e clame pela misericórdia, para que Ele lhe salve. Um salvo é alguém cujo prazer é a VONTADE DE DEUS. Confira Mat. 7:21-29; I Jo. 2:3-6; At.20:28. Leia, medite e avalie-se a luz do livro “A BATALHA FINAL” (RICK JOYNER). Não seja um obstáculo para a Igreja viver como família de Deus e Corpo de Cristo. (Heb. 6:4-6;10:24-31;12:28;13:1). Pessoas que querem ser membros de Igreja, mas não querem compromisso com Cristo, não permanecem em uma Igreja com uma estrutura e dinâmica bíblica. Elas não incorporam. (Mat. 7:21-23; I Jo. 2:19; Judas vs. 17,19).

QUE O SENHOR JESUS CRISTO POSSA TRAZER LUZ HÁ SUA VIDA COMO IGREJA DE SEU PASTOR E AMIGO DALTON RAMOS.

 

Versículo do Dia

Mc 7:8

"Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

56 - APENAS P.U.S.H.!

     Uma noite, um homem estava dormindo em sua cabana quando, de repente, seu quarto ficou cheio de luz e Deus lhe apareceu. O Senhor disse ao homem o...

152 - OITO BONS PRESENTES QUE NÃO CUSTAM UM CENTAVO.

     O PRESENTE ESCUTAR... Mas você deve realmente escutar. Sem interrupção, sem distração, sem planejar sua resposta. Apenas escutar.      O PRESENTE AFEIÇÃO... Seja generoso com abraços, beijo, tapinhas...

14 - A LIÇÃO DA MOSCA

      Certa vez, duas moscas caíram num copo... A primeira era forte e valente. Assim, logo ao cair, nadou até a borda do copo. Como a superfície era muito...

104 - OBSERVE A CACHOEIRA

     Perderia sua canção se fossem tiradas as pedras do seu caminho. São os obstáculos que fazem suas lágrimas prosseguirem. Nenhuma rocha, por mais resistente que seja, é capaz...

167 - VOCÊ JÁ LEU A BÍBLIA HOJE?

     Que ótimo se a sua resposta foi sim, mas caso tenha sido não, ainda há tempo.      Você sabia que Deus opera por nosso intermédio, quando declaramos Sua...