Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

PROVÉRBIOS 11

 Leitura em FAMÍLIA

Livro da bíblia – Provérbios

Provérbios 11:1-31 — Significado e Explicação

11:1 — Tratar o próximo de forma justa é um prolongamento do mandamento para amar o próximo como a si mesmo (Lv 19:18), que, por sua vez, é um prolongamento do mandamento principal a Israel: amar somente a Deus (Dt 6:4-9). É por isso que balança enganosa é uma abominação para Deus, um termo que descreve uma aversão de revirar o estômago.

11:2 — Muitos provérbios comparam o arrogante ao humilde, assim como podemos ver aqui. A palavra “soberba” em hebraico provém de uma raiz que significa “ferver”; refere-se a uma arrogância ou insolência exagerada. Esta imagem é da postura presunçosa ou arrogante da pessoa sem Deus. Esta postura conduz sempre a afronta.

11:3-6 — Estes versículos formam uma série de provérbios que comparam os resultados da retidão com os da perversidade na vida das pessoas. Assim como se compara o orgulho a humildade no versículo 2, a sinceridade e a perversidade são comparadas no versículo 3.

11:4-6 — Ocasionalmente, os provérbios falam da morte como uma época de recompensa e castigo. As riquezas não têm qualquer poder sobre isto. Somente a retidão tem sentido e poder após a morte.

11:7 — Enquanto a pessoa viver, há razão para esperança. Mas se a pessoa viveu sem Deus, quando sua vida acaba, a esperança também cessa.

11:8 — Neste versículo, talvez também se esteja falando de questões mortais; os problemas do qual o justo escapa são aqueles que o ímpio terá.

11:9 — O homem profano pode jogar o nome de seu vizinho na lama com suas palavras, assim como o justo é liberto pelo conhecimento. Os poderes negativos e positivos da fala são dos mais impressionantes conceitos destas sentenças.

11:10,11 — Os verdadeiros justos trazem justiça a todos da cidade, e a cidade vivencia a verdadeira paz — isto é, shalom, que traz o sentido de “ser completo”, “ser cheio” ou “ser pleno”. Muitos salmistas clamavam pela redenção dos justos e pelo fim do mal (SI 69:22-28). (Leia a historia de Sodoma e Gomorra em Gênesis 18:22-33 para saber o que acontece com uma cidade em que não há justos.)

11:12 — A paciência e o controle fazem parte da sabedoria. Alguém falto de sabedoria, a quem “falta coração” (Pv 10:13), despreza o seu próximo. Mas a pessoa que possui entendimento tem juízo para controlar seu lado passional e ficar calada (Pv 17:28).

11:13 — O amigo fiel encobre os assuntos delicados que o infiel revela. O amor cobre todas as transgressões (Pv 10:12; Tg 5:20; I Pe 4:8).

11:14 — Tanto na Antiguidade como na atualidade, os líderes das nações precisam de conselheiros. Na verdade, todas as pessoas precisam de conselhos de pessoas sábias e confiáveis.

11:15,16 — Estes provérbios equilibram um ao outro. O primeiro alerta contra ficar por fiador ou dar aval a estranhos. O segundo elogia a generosidade, de onde provem a honra. Uma das maiores virtudes é não ser possessivo. Os membros da igreja do primeiro século doavam generosamente aos necessitados (At 2:44,45; 4:32-35).

11:17 — Mais um versículo sobre generosidade fala do bem que volta para o benfeitor. A avareza, por sua vez, tende a reduzir a pessoa cruel ao mesmo tamanho de seu coração mesquinho.

11:18 — O trabalho fraudulento provem da iniquidade; o bom trabalho, da retidão. O justo faz por merecer seu salário; o ímpio apenas rouba.

11:19 — Provérbios como este nos recordam que a busca da retidão é uma questão de vida ou morte.

11:20 — Os conceitos contrastantes de abominação e deleite de Yahweh (Pv 11:1) reaparecem aqui com respeito aos valores contrastantes da perversidade e benignidade da alma e da trajetória do homem na vida. É possível fazer o Senhor sorrir pela forma como se viveu a vida. Também é possível causar-lhe revolta.

11:21 — A expressão “junte mão a mão” é literal; significa “juntar forças”. Opor-se coletivamente aos propósitos de Deus é completamente sem sentido (Sl 2:1-4).

11:22 — Uma joia de ouro no focinho de uma porca não teria sentido. Os antigos israelitas julgavam os porcos sujos e repelentes. A pessoa imoral é comparada a este animal, não importa qual seja a aparência externa.

11:23 — O termo “desejo” é usado em alguns provérbios num sentido negativo (Pv 13:12,19; 18:1; 19:22), mas aqui ele é usado em sentido positivo. O justo deseja o bem.

11:24-27 — Estes provérbios precisam ser modelos da nossa postura em relação a riqueza: deve ser repartida. A mesquinharia pode levar a perda. Já a generosidade tem o efeito oposto. Ser egoísta é insensatez, porque só cria inimigos e desonra Deus.

11:28 — Este provérbio fala da insensatez de confiar nas riquezas. A segunda parte deste versículo pode ser às vezes mal interpretada como se dissesse que a retidão sempre leva ao sucesso. O provérbio na verdade fala da postura de uma pessoa em relação a riqueza. É tolice por a confiança em riquezas em vez de confiar em Deus.

11:29 — Certos atos insensatos prejudicam ativamente a família. Eis aí uma estrada certa para a ruína  para herdar o vento.

11:30 — Conforme Provérbio 3:18, a imagem da árvore de vida denota a árvore do jardim do Éden (Gn 2; 3). A retidão e a sabedoria são formas de recuperar a árvore da vida perdida.

11:31 — Como os justos vão receber sua recompensa no final (II Co 5:10), deduz-se que os ímpios, que desafiam Deus e entram em conflito com Sua obra, certamente serão julgados.

No amor em Cristo,

Pr. Dalton Ramos

 

Versículo do Dia

At 15:18

"Conhecidas são a Deus, desde o princípio do mundo, todas as suas obras. "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

132 - ORAÇÃO INTERCESSÓRIA PELA IGREJA PERSEGUIDA NO PAQUISTÃO

     Governo pede sugestões para os cristãos do Paquistão sobre lei de blasfêmia      A abolição da lei de blasfêmia no Paquistão. É isso que os cristãos pediram para...

29 - OUVINDO DEUS

     Você acredita no que ouve?????      Eram aproximadamente 10 horas quando um jovem começou a dirigir-se para casa. Sentado no seu carro, ele começou a pedir: - ...

ESPECIAL - AS METAS NOS DESAFIAM

     Ninguém sobrevive sem desafios novos e interessantes. Desde a infância somos movidos por desafios: aprender a falar, andar, escrever, etc…      Na vida temos de estabelecer metas para...

93 - UM MILAGRE RECENTE NO EGITO

     Um muçulmano egípcio matou sua esposa porque ela estava lendo a Bíblia e então a enterrou com seu bebê nascido há poucos dias e uma filha de 8...

19 - RELACIONAMENTO DE AMOR

      Ser de Cristo é muito mais do que uma religião ou um compromisso. É uma ligação de alta intimidade. É a cada dia uma nova descoberta de...