Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

VASOS VAZIOS

II Reis 4:1-7

→     Aquela mulher tinha um problema genuíno, mas Eliseu enxergava as coisas por outro ângulo. Ao ser tomada pelo medo e concentrar-se em si mesma, ela ficou paralisada. Tudo o que ela conseguia enxergar era o seu problema. (verso 1). Problema “querem levar meus dois filhos escravos”.

     A declaração do profeta pegou a mulher desprevenida “o que você tem em casa” (verso 2).

     A necessidade de solucionar a “paralisia” espiritual era maior do que a necessidade de supri-la de alimento, dinheiro, etc. Ela precisava ser liberta.

     Às vezes, estamos espiritualmente secos e não sabemos por que, mas aquilo que realmente precisamos são canais de escoamentos. Quando somos desencorajados, olhamos para dentro de nós mesmos e nos atolamos na autocomiseração e no egoísmo. Precisamos liberar o azeite (o Espírito Santo) que reside em nós! O reservatório que já está presente em nossa vida precisa ser liberado a fim de fluir para as necessidades da humanidade.

     Muitos estão secos porque paramos de transbordar o “AZEITE” que Deus colocou dentro de nós. Isso sem mencionar o fato de que sempre permitimos que nossa mente se concentre apenas em nós mesmos.

     Fechar a porta indica que você não deve contar a todos sobre seus planos de começar a obedecer ao Senhor. Caso o faça, alguém irá convencê-lo do contrário. Apenas feche a porta e faça o que tem de ser feito.

     O que impede o fluir do Espírito Santo são os vasos se acabarem. Por essa razão devemos buscar a Deus para alcançar uma visão contínua e ininterrupta.

     A maior parte das pessoas depressivas e desanimadas simplesmente não tem visão. Param de transbordar. Os vasos (canais de escoamento) não foram ajustados, e o fluir do azeite (o Espírito Santo) em sua vida acabou.

     O segredo para sempre ter algo novo de Deus é nunca parar de transbordar.

     O nosso egoísmo é viver sem canais de escoamentos (vasos). A Palavra do Senhor é que tiremos nossa atenção de nós mesmos e ajuntemos vasos para começarmos a transbordar.

     Um bebê é sempre uma nova esperança, por isso, novos vasos, sempre produzirão vida; nós não podemos ficar com o conhecimento (unção) que recebemos só para nós, por que se não vai ficar rançosa, o azeite para, por isso necessitamos a cada dia de mais vasos, quanto mais vasos, mais vida.

     Quando o Reino de Deus é o mais importante em nossa vida, o mesmo azeite que derramou para os outros será abundante para satisfazer nossas necessidades.

     Arrependa-se do egoísmo que o paralisa e procure por vasos vazios para transbordar. Você não ficará de mãos vazias, mas experimentará o azeite do Espírito Santo fluindo através de sua vida.

 

Versículo do Dia

2Sm 24:13

"Foi, pois, Gade a Davi, e fez-lho saber; e disse-lhe: Queres que sete anos de fome te venham à tua terra; ou que por três meses fujas de teus inimigos, e eles te persigam; ou que por três dias haja peste na tua terra? Delibera agora, e vê que resposta hei de dar ao que me enviou. "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

17 - A ÁGUIA E A GALINHA

      Era uma vez um camponês, que foi à floresta apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu encontrar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto...

227 - SE NÃO QUISER ADOECER: "TOME DECISÃO”

       A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber...

83 - O PILOTO

     O homem observou o menino sozinho na sala de espera do aeroporto aguardando seu vôo.      Quando o embarque começou, o menino foi colocado na frente da fila...

91 - UM DESAFIO DE DEUS

     Não é engraçado como R$ 10,00 parece tanto quando o levamos à igreja e tão pouco quando vamos ao shopping. Não é engraçado como uma hora é tão...

55 - O FILHO

     Um homem muito rico e seu filho tinham grande paixão pelas artes. Tinham de tudo em sua coleção, desde Picasso até Rafael. Muito unidos, se sentavam juntos para...