Bem-vindos à Igreja Evangélica Comunidade Encontros com Jesus

18 - DEUS SEMPRE INTERVÉM POR SUA NOIVA-IGREJA

Mateus 16:18

     Então, logo em Gênesis 3, o que Deus faz? Ele entra em ação porque o ex-lúcifer quer engolir a Sua Igreja—Noiva, como está em todo o Apocalipse 12, trazendo a descrição com detalhes do que ocorreu lá, e de como a intervenção de Deus operou. E a pergunta é: Pode alguém impedir o propósito dEle? Nem o ex-lúcifer, nem a humanidade inteira, nem os governos das nações; nem o que chamam de filosofia, de ciência, nem os sistemas religiosos dos homens com suas idolatrias e feitiçarias (Gálatas 5:20); nem o que se chama de entretenimento, e tudo o que tem a ver com o submundo da pornografia, da imoralidade, da desonestidade. Nada, nem ninguém. Nada jamais, amados, poderá impedir o Senhor de cumprir o Seu propósito eterno (Romanos 8:29-39).

     E qual é o propósito eterno de Deus? (Você tem isto descrito na 2ª folha em diante do encaminhamento, estudo nº 16). Ninguém pode impedir. Ninguém jamais poderá impedir o Deus Vivo de cumprir o Seu projeto, o Seu propósito. Deus sempre preservará o Seu remanescente fiel. Ele sempre preservará um ou dois que sejam o remanescente fiel.

     Você abre Gênesis 4 e vê como Ele o fez. O que ou quem Deus traz à existência quando o caos havia tomado aquela geração? Ele agiu para trazer quem à existência? Enos (Gênesis 4:26). E de Enos, diz a Palavra, que novamente se passou a invocar o nome do Senhor. Aí está a Casa de Oração/Adoração. Lá está aquela pequenina revelação, aquele pedacinho no final de Gênesis 4, após a morte de Abel. Então, Deus trouxe à existência um outro filho para Adão. Qual o nome do filho? Sete! E de Sete nasceu quem? De quem veio Enos? Deus está formando o Seu remanescente fiel. Em cada geração Ele traz à existência o Seu remanescente fiel. Veja Gênesis 4:25, 26.

O REMANESCENTE FIEL EM JACÓ

     Em determinada etapa, nesse projeto, já em avançado processo de execução, de uma mesma concepção, Ele coloca gêmeos. Mas, na sequência, executando o Seu projeto eterno, Ele altera a lei natural acerca do primogênito daqueles gêmeos e, ao nascer o primeiro, e em seguida o segundo, diz a Palavra, que o segundo nasceu agarrado, segurando o calcanhar do primeiro. E você abre as Escrituras e percebe o conflito daquela família; o conflito entre aqueles dois irmãos. Agora você sabe de quem estou falando? De quem? Esaú e Jacó.

     E olha o caráter de Jacó! Olha como Esaú era um cara benevolente; era um cara, um religioso modelo; benevolente em casa, benevolente com a vizinhança, com os amigos... e você olha Jacó, o esperto, o astuto... Quem escolheria Jacó? Mas para o Jacó, era o projeto de Deus. Você vê a mão de Deus, o poder dEle operando, atuando, colocando Jacó nas mais variadas situações, até ele cair em si. Lá está a antiga serpente querendo engolir e destruir o que seria o remanescente fiel. Deus opera, e não permite à antiga serpente, de Apocalipse 12, engolir o componente do remanescente fiel, e transforma o caráter de Jacó. Opera nele, até que Jacó volte, voluntariamente, honradamente, e agora, para amar o Deus Vivo; e se render totalmente a Ele. Ah... e você poderia dizer que ele não teve opção, mas você vai descobrir o quanto Jacó agora era agradecido a Deus por ter sido gracioso para com ele. Sua batalha, conquanto talvez ele não soubesse, era porque a antiga serpente, a mesma do Éden, queria engoli-lo; destruir o remanescente fiel. Tal como ocorreu no Éden, logo após o Éden, logo após a morte do Abel, que corresponderia à Casa de Deus, Casa de Oração/Adoração, Deus intervém de novo, e dá um outro filho a Adão (Sete); e aí, a Bíblia não informa mais dos outros filhos que Adão e Eva certamente tiveram, mas, porque, com aquele, eles o receberam foi no lugar de Abel. Como era o nome dele? E depois daquele nasce o outro, o neto. Qual era o seu nome? E você encontra o que lá está escrito: E assim, começou novamente a invocar o nome do Senhor, ou seja, a Casa de Deus, Casa de Oração/Adoração. Casa de adoração/adoração! Jacó foi transformado radicalmente. Por QUEM? E para QUÊ?

     Para encontrar os que o Pai procura, como Jesus revela em Sua Palavra, em João 4, Ele opera, age. Ele procura, Ele gera, para depois colher. Colher para Si. E aqueles que decidem permanecer nEle, em Jesus, após serem encontrados, como ocorreu com Jacó, terão gratidão eterna. Gratidão eterna ao Senhor. E agora entenderão. Terão gratidão eterna porque agora eles sabem quem são. São os filhos do Deus Vivo. São os filhos da Igreja-Noiva em cada geração. Estes perceberão e receberão o amor dEle e o preço que Ele pagou. Então, quando aparentemente todos se subornam, todos se vendem, todos se corrompem, Deus toma um e preserva o remanescente fiel em cada época e em cada geração.

O REMANESCENTE FIEL EM MOISÉS

     Você pode ver isso quando Moisés lidera aquela multidão, uma congregação da Igreja na Antiga Aliança, a nação de Israel, com pelo menos três milhões de pessoas, e todos se corromperam; todos quiseram voltar para o Egito. Todos. Você imagina isso diante da realidade de escravidão que viviam no Egito? Ainda assim quiseram voltar por causa de comida, de carne, de bebidas. Quem era, na prática, o deus deles? O ventre, o estômago, como está em Filipenses 3:18,19.

     Queriam voltar para continuarem escravos. Toda aquela multidão, naquela altura à qual estou me referindo, você sabe (veja números 14). Como vemos em Êxodo 33 e 34, um se levanta! Apenas um em pelo menos três milhões! Quem foi esse um? Moisés. Um remanescente. Moisés não se corrompeu. O culto aos deuses do Egito, da Babilônia, não foi readaptado para satisfazer as paixões do povo (igual ocorre com algumas igrejas da atualidade, fazem de tudo para agradar e atrair a multidão), mesmo quando Deus propõe a Moisés começar tudo com ele novamente. Por quê? Porque era o remanescente fiel.

     Eu imagino que o Espírito Santo poderia ter revelado a Moisés: Moisés, a sua segunda geração cumprirá o meu propósito. Mas ele argumenta com Deus: Perdoa, perdoa o povo ou, então, risca-me do Teu livro. Você imagina? Imagina que oração foi aquela de Moisés!!! E essa oração, você sabe, como está escrita, que não foi por causa do povo necessariamente, mas a oração dele era por causa de Deus, do nome de Deus, da pessoa dEle, do caráter dEle, da honra dEle, amados! E o Senhor, então disse: "0k, não vou eliminar todos agora. Vou ouvir você, porém, eles não entrarão na aliança". Abra Números 14:11-24. Hebreus 3 traz esta revelação da nação de Israel inteira. Nas decisões pessoais que são tomadas, a antiga serpente está no meio o tempo todo. E o inimigo que semeou o joio referido por Jesus na Parábola do trigo e do joio (Mateus 13:24-43).

     Naquela altura, um foi o remanescente fiel: Moisés. Ele, o Deus Vivo, preserva este "um", em meio àquela grande multidão. Você encontra este "UM" mencionado nas Escrituras da Antiga Aliança. No sacerdócio dos dias de Moisés, o próprio irmão dele, que foi nomeado, comissionado, para aquela função sacerdotal junto com Moisés, corrompeu-se. (Êxceto 32)

O REMANESCENTE FIEL EM CADA GERAÇÃO É A CASA DE ORAÇÃO

     E para este tempo, o nosso, em nossos dias na Terra, Ele remove o véu, ou seja, traz a revelação do que está escrito, para esta geração entender que todos na Antiga Aliança que foram remanescentes fiéis, correspondem à natureza, e ao que faz a Casa de Deus, Casa de Oração/Adoração; e que estes se manifestam em contextos, nos quais, a antiga serpente, que se chama diabo e satanás, e engana todo o mundo (Apocalipse 12:9), tem espaços grandiosos para subornar e para matar. Seja matar fisicamente, ou matar através do suborno da fé dos que são de Jesus. Ela concentra seus esforços e estratégias (Efésios 6:10-19) contra a Casa de Deus, Casa de Oração/Adoração para os Seus, Sua família enquanto estiverem na Terra. Por isso Jesus diz: "Está escrito: a minha casa (a Casa de Deus), será chamada Casa de Oração". Se até a Jesus ele tentou subornar (Lucas 4:1-8), o que e como ele (satanás) faz contra nós (Marcos 4:15,18,19)?

     Como ressaltamos há algum tempo, Jesus toma, em Mateus 21:13 e Marcos 11:17, o que está em Isaías 56, e aí diz (naquela altura ainda, e usa o verbo no futuro): "A minha Casa SERÁ chamada Casa de Oração/Adoração". (Leia novamente o encaminhamento do dia 09/06/13).

     Ajuda-nos a ser como Tu Jesus, assim poderemos manifestar-Te por onde quer que possamos ir.

     Senhor Jesus, quero ter a Sua AGENDA NO DIA DE HOJE. Ajuda-me a fazer a minha AGENDA COPIADA DA SUA AGENDA. Quero ter a Sua AGENDA NESTE DIA. Quero ir aonde o Senhor Jesus for; quero fazer o que tu fizeres...

     Queremos permanecer no Senhor Jesus; queremos está em Ti que é a videira Verdadeira.

     Ajuda-nos a discernir o sentido da AGENDA. A AGENDA DO RAMO DA VIDEIRA.

     Por isso rega-nos com o Teu sangue, através da Tua REFEIÇÃO QUE É A CEIA DO SENHOR.

     Lembremo-nos que estamos numa viagem; somos peregrinos, estrangeiros; portanto, não nos embaracemos com nada aqui. Estamos indo para a casa do Pai. Não troquemos nossa herança por nada desta terra.

     Em Julho de 2013 houve uma transição em nossa ação como expressão de corpo: as equipes de comunhão e oração: entramos na dimensão da AGENDA DIÁRIA. Temos que fazê-la. Certamente não será a nossa AGENDA, mas a AGENDA DELE PARA NÓS. Ore por isso esta semana. Ore para discernir o sentido da AGENDA. Estar na AGENDA DE DEUS é realizar o que Ele quer que façamos durante o dia, semana, mês e ano. Peça discernimento ao Espirito Santo sempre.

     Somente os quentes VIVERÃO LUTANDO PARA ESTAR NA AGENDA DE DEUS. Mornos não querem discernir isso.

     Para os que são peregrinos, são discípulos de fato, têm a identidade de Jesus, não irão se satisfazer com as coisas desta vida. Deleitar-se-ão apenas no Senhor Jesus.

     Recordemos que, quanto ao morno, eles somente sairão da crise a partir de UMA CRISE. Se não houver crise, não haverá mudança.

     Daqui em diante, mover-nos-emos na AGENDA DE JESUS, ou seja, faremos nossa AGENDA a partir da dEle. Isto poderá incluir até ressuscitação de mortos, pois Jesus disse que “...aquele que cresse nEle faria as Suas obras e faria maiores ainda.”

     Teremos que ter uma experiência semelhante à de uma criança que está aprendendo a andar. “Cai e levanta...Cai e levanta... Cai e levanta...” Mas somente terão esta experiência os que tiverem uma AGENDA baseada na de Jesus.

Continuação no próximo estudo.

No amor em Cristo,

Pr. Dalton Ramos

Versículo do Dia

Jz 11:7

"Porém Jefté disse aos anciãos de Gileade: Porventura não me odiastes a mim, e não me expulsastes da casa de meu pai? Por que, pois, agora viestes a mim, quando estais em aperto? "



by Estudo Bíblico

Família do Reino de Deus

157 - COMO POSSO FICAR ACIMA DAS RIXAS E COMPETIÇÕES NO TRABALHO?

     Reconheça que DEUS é o seu patrão.      Ninguém está imune à tentação de participar das rixas e competições no serviço. Talvez descubra para a sua surpresa, como...

114 - AMIZADE ??? VOCÊ SABE O VALOR DE UMA

     Um dia, durante uma conversa entre advogados, me fizeram uma pergunta: "O que, de mais importante, você já fez na sua vida"? A resposta me veio na hora...

229 - AMIGO

     Um dia quando estava na minha casa, eram umas onze horas da noite quando recebi o telefonema de um querido amigo meu.      Seu telefonema me deixou muito...

72 - HISTÓRIA CURTA...

     Charles Plumb, era piloto de um bombardeiro na guerra do Vietnã. Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil. Plumb saltou de pára-quedas...

100 - VAMOS "ACORDAR"!

     “Deus faz que o solitário viva em família; liberta aqueles que estão presos em grilhões;” Salmos 68:6      Você sabe o que significa a palavra “acordar”?      Vamos...